Como se proteger de golpes com PIX

Como se proteger de golpes com PIX? O que fazer para não ter o dinheiro roubado pelo pagamento por PIX, quais medidas de segurança tomar? O pagamento instantâneo pelo PIX facilitou a vida de muitas gente, mas tem deixado outras com bastante dor de cabeça. Os golpes por PIX tem aumentado bastante, pois o estelionatário consegue movimentar o dinheiro da pessoa sem que ela tenha tempo de cancelar a operação. Para piorar, transferências por PIX não possuem opção de ressarcimento. A seguir falaremos um pouco sobre o que você deve ter atenção e quais cuidados tomar.

O que fazer para se proteger de golpes com PIX?

Não clique em links recebidos por SMS ou email – nunca clique em links que receber por SMS ou email! Mesmo que esteja escrito que são do seu banco. Golpistas conseguem clonar as informações dos bancos em SMS e emails, colocando links que levam para sites falsos. Entrando no site falso, você digitará suas informações bancárias que serão roubadas pelo estelionatário. Sempre faça as transações bancárias pelo aplicativo ou site oficial do banco (digitando você mesmo o endereço do banco no navegador).

Tenha cuidado com aplicativos suspeitos – não instale qualquer aplicativo que encontrar na web. Alguns desses apps podem conter vírus que são capazes de roubar sua conta do banco e fazerem pagamentos pelo PIX. Instale somente apps da loja oficial do Google e da Apple, e mesmo assim deve-se ter cuidado com propagandas dentro destes aplicativos.

O que fazer para se proteger de golpes com PIX
O que fazer para se proteger de golpes com PIX?

Não realize transações bancárias em WiFi público – redes Wi-Fi públicas de shoppings, cafeterias, entre outras, podem conter vírus que roubam seus dados bancários no momento que estiver enviando o PIX. Faça transações apenas pela rede de dados da sua operadora de celular.

Cuidado com PIX Cobrança – o PIX Cobrança foi criado para substituir os boletos, e da mesma forma que existem golpes com boletos falsos, podem ocorrer golpes com código QR (QR Code) falsos. Ao realizar o pagamento para alguma loja ou serviço, verifique detalhadamente as informações do recebedor (nome da instituição, nome do recebedor, parte do CPF ou o CNPJ). Se for um QR Code falso, esses detalhes não irão bater com as informações oficiais da empresa.

Muito cuidado com mensagens no WhatsApp e Telegram – mesmo que seja mensagem de familiar pedindo dinheiro, primeiro confirme entrando em contato por telefone com a pessoa. A clonagem de WhatsApp vem acontecendo sem precedentes, portanto qualquer familiar pode ter sua conta comprometida. Quando isso acontece, os estelionatários enviam mensagens “desesperadas” para todos os contatos pedindo dinheiro. A pessoa fica nervosa e sem pensar envia o dinheiro. Não faça isso! Desconfie de tudo que receber no WhatsApp.

Quais dados verificar ao enviar PIX para proteger de golpes?

Antes de confirmar qualquer transação por PIX verifique se o beneficiário é realmente a pessoa para qual deseja enviar.

A tela do aplicativo do seu banco vai mostrar nome da instituição, nome do recebedor, parte do CPF ou o CNPJ.

Enviaram PIX sem minha autorização!

Neste caso entre em contato imediatamente com seu banco para que eles possam identificar as contas dos estelionatários e não permitir que roubem outras pessoas. Mas infelizmente não há garantia de que o banco irá devolver seu dinheiro, pois transferências por PIX não possuem opção de ressarcimento. Faça reclamação também com o banco do golpista, para onde o pagamento do PIX foi enviado!

Além disso você deve registrar um boletim de ocorrência na Polícia, pois eles irão investigar o crime. No BO você terá que informar os dados do comprovante da transação como ID da transação, Valor, Data/hora da liquidação, descrição (caso preenchida), Nome da instituição do recebedor, Nome do recebedor, CPF ou CNPJ.

Em caso do celular roubado, perdido ou clonado, podem enviar PIX?

Não, o PIX só pode ser enviado pelo aplicativo do internet banking. E para acessar este aplicativo a pessoa precisa digitar a senha, usar token, reconhecimento biométrico ou facial. Portanto mesmo que alguém pegue seu celular, precisará de alguma dessas informações para conseguir fazer login no app do banco. Além de saber também a senha do banco.

Tags:

0 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.